A droga se faz amiga, mas ela quer sua vida

A droga se faz amiga, mas ela quer sua vida
A droga se faz amiga, mas ela quer sua vida

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Vagas para médicos plantonistas em Mauá, só no blog do Hugo Paiva

Faltam médicos no Município de Mauá, esta é uma grande oportunidade a você profissional


terça-feira, 9 de abril de 2013

Consulta de nome sujo pela internet de grátis, é só no Blog do Hugo Paiva



 De gratis os consumidores podem consultar se seu nome está sujo pela internet. Antes, para fazer a consulta, era preciso se dirigir pessoalmente a um dos postos do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). E algumas empresas, extraoficialemente realizavam a consulta, mas cobravam pelo serviço. A consulta gratuita pela internet foi disponibilizada pela Boa Vista Serviços, administradora do SCPC. Ao fazer a busca, o consumidor pode identificar se possui dívidas, restrições ou pendências financeiras registradas no SCPC.
Para fazer a consulta, basta entrar no Portal Boa Vista Consumidor Positivo e clicar em "consulta de débito". Quem não é cadastrado deve fazer então um cadastro e depois informar o e-mail e a senha. Em seguida, o site irá informar se consta algum registo no SCPC. Se houver, o consumidor pode verificar os detalhes sobre os débitos e identificar em qual empresa consta a pendência. 

Acessem:http://bit.ly/XlVXJt

Fonte Exame ( http://bit.ly/WOM2wF )



domingo, 7 de abril de 2013

Nike apoia a exploração de trabalhadores em suas fábricas na Indonésia e outros países asiáticos


EXPLORAÇÃO DE MENORES NA FABRICA DA NIKE  EM PAÍSES ASÍATICOS


É uma velha acusação, mas admitiu que nunca tinha sido tão abertamente. Nike , as primeiras vendas mundiais de calçados esportivos, reconheceu a veracidade de um relatório que reflete a exploração de que são submetidos os trabalhadores em suas fábricas na Indonésia e outros países asiáticos .
Neste estudo, os trabalhadores que são pagos um dólar por dia, se queixam de ter de limpar os serviços e instalações funcionam em torno de como punição pelo atraso. Mas o que é mais chocante submissão sexual a que os trabalhadores são obrigados pelos patrões. O 85 por cento dos funcionários são mulheres com uma média de idade abaixo de 23 anos. Além disso, especifica que os funcionários de nove unidades de produção são obrigados a trabalhar mais horas que o permitido por lei e sem acesso a cuidados médicos.